Museo del Prado

No seguinte texto apresentamos o Museo del Prado, o museu mais importante da Espanha. Continue lendo para saber mais sobre um dos museus mais famosos do mundo. E não deixe de ler o texto onde explicamos como comprar os ingressos para o Museo del Prado.

museo del prado

O Museo del Prado

O Museo Nacional del Prado é a atração cultural mais importante de Madri e uma das galerias de arte mais importantes do mundo, com sua imensa coleção de obras. O primeiro catálogo do museu, publicado em 1819, incluía 311 obras, apesar de que na época a coleção ultrapassava os 1.510 quadros procedentes de vários Reales Sitios (residências reais). A excepcional coleção real começou a crescer no século XVI, durante o reinado de Carlos I, e continuou expandindo-se com os monarcas das dinastias dos Austrias e os Bourbons. Desde sua inauguração, o Museo del Prado já recebeu mais de 2.300 quadros e numerosas, esculturas, desenhos e outras obras de arte.

O prédio que hoje é a sede do Museu Nacional del Prado foi desenhado pelo arquiteto Juan de Villanueva em 1785. Foi construído para receber o Gabinete de Historia Natural, por ordem do rei Carlos III. Porém, a decisão de converter o prédio no novo Museu Nacional de Pintura y Escultura foi do neto, rei Fernando VII, animado pela segunda esposa María Isabel de Braganza. O Museo Real, renomeado logo mais Museo Nacional de Pintura y Escultura e depois Museo Nacional del Prado, abriu suas portas pela primeira vez em novembro de 1819.

Para conseguir acomodar uma coleção em constante crescimento, foram realizados vários projetos de expansão do prédio de Villanueva até esgotar o espaço físico. Em 2007, um acordo entre a Parroquia de San Jerónimo el Real e o governo espanhol permitiu a expropiação de terrenos do claustro barroco, obra de Fray Lorenzo de San Nicolás, e que estava quase em ruínas, para que fosse incorporado ao museu.

Como parte da nova expansão do museu, o pátio interior do claustro foi desmontado e reconstruído na forma de uma controvertida sala cúbica, desenhada pelo arquiteto Rafael Moneo.

O museu permite hoje contemplar obras-primas de Bosch, El Greco, Mantegna, Rubens, Raphael, Durër, Van Dyck, Tintoretto, Titian, Velázquez e Goya, entre muitos outros mestres da pintura universal.

Quando é melhor visitar o Museo del Prado?

Quem visita Madri quer conhecer o excepcional Museo del Prado. E, como resultado, ele vive lotado, não importa qual seja o dia da semana ou o mês do ano. Veja a seguir várias dicas do passaporteMADRI para garantir a passagem mais tranquila possível pelo museu.

  • chegue com seu ingresso comprado antecipadamente para poder furar a fila da bilheteria, que dependendo do horário do dia pode ser interminável. Veja mais detalhes no texto onde explicamos como comprar os ingressos para o Museo del Prado.
  • evite os horários mais críticos do dia, a partir das 11 da manhã e até as 14 horas, quando grandes grupos organizados de turistas visitam o museu.
  • evite o horário de visitação gratuita, quando o número de pessoas dentro do museu pode ser insuportável. Tudo bem, se seu orçamento for muito apertado, aproveite o horário de visitação gratuita, mas saiba que El Prado é um museu que merece uma visita calma e não tumultuada.

Quanto tempo vou demorar no museu?

Não podemos dar uma resposta à sua pergunta. Pela quantidade de arte acumulada no museu, você poderia passar muitos dias dentro dele sem esgotar seus conteúdos. Mas isso seria uma loucura. O melhor é que você programe sua visita, determinando quais quadros e artistas quer conhecer, e estipule uma visita de não mais de duas ou três horas, para evitar que o cansaço físico e mental possa interferir na experiência da sua visita.

O museu distribui um pequeno guia onde estão identificadas as obras-primas.

Informações práticas

O endereço oficial do museu é a Calle Ruiz de Alarcón, 23.

O horário de abertura do museu é:

  • horário pago: segunda a sábado, de 10h a 18h. Domingo, de 10h a 17h.
  • horário livre: segunda a sábado, de 18h a 20h. Domingo, de 17h a 19h. Saiba que formam-se grandes filas de pessoas aguardando pela entrada no museu muito tempo antes do começo do horário de visitação gratuita.

O Museo del Prado fecha no 1 de janeiro, no 1 de maio e no 25 de dezembro. O museu abre com um horário reduzido (10h a 14h) no 6 de janeiro e no 24 e 31 de dezembro.

Não existe nenhuma estação de metrô nas redondezas do museu. Se você estiver hospedado próximo do museu, aproveite para caminhar até ele. Caso contrário, há duas estações de metrô que ficam a menos de 10 minutos a pé do museu. A primeira é a estação Banco de España da linha 2 (vermelha). A segunda é a estação Atocha da linha 1 (azul claro). A escolha de uma ou outra estação dependerá da localização da sua hospedagem.

A bilheteria (e o acesso) ao museu fica no extremo norte do prédio principal, na frente da estátua do pintor Francisco de Goya.

Confira informações atualizadas no site do museu.

Compra de ingressos

Veja o texto como comprar os ingresoss para o Museo del Prado, com toda a informação que você precisa saber sobre o assunto.

Dica do passaporteMADRI

O Museo del Prado é um lugar excepcional, com uma grande quantidade de obras de arte a serem contempladas. Selecione previamente as obras que você vai querer conhecer para poder fazer uma visita prazerosa.

O Museo del Prado no seu roteiro por Madri

O Museo del Prado é visitado no começo do roteiro 3 do nosso Madri em 9 roteiros.

Outras atrações turísticas em Madri

Veja os textos: atrações imperdíveis | atrações gratuitas | bate-voltas | monumentos | museus | parques e jardins | pontos turísticos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima